Logo Prefeitura de Salvador

Descarte correto de entulho previne problemas de saúde pública – saiba como proceder

Além de crime ambiental, o descarte irregular de resíduos sólidos traz diversos prejuízos ao meio ambiente e à população. Estes pontos se tornam ambientes propícios para a proliferação de vetores de doenças, levando às situações de alagamentos em período de chuva, comprometendo a qualidade do ambiente e da paisagem do local, além de gerar o aumento dos custos públicos com a remoção do material descartado de forma incorreta e também dos gastos com saúde pública.

O descarte irregular de lixo e entulho pode auxiliar no risco de surgimento de doenças provocadas por animais e insetos, como o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya; ratos, transmissores da leptospirose, além de escorpiões, cobras e demais espécies peçonhentas. Lucrécia Lopes, subgerente de arboviroses do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recomenda que, nos casos da suspeita de surgimento destes animais, o cidadão deve acionar a Prefeitura através do Fala Salvador 156.

“Em caso de infestação, contato ou contaminação, é necessário solicitar inspeção da equipe do CCZ para avaliação das condições favoráveis à proliferação desses animais, além da remoção do material inservível, por meio da Limpurb (Empresa de Limpeza Urbana de Salvador). Para o caso de situações de contaminação, será preciso procurar atendimento nas unidades de saúde”, explica Lucrécia.

Quando descartado de forma inadequada, o entulho pode trazer outros problemas à população e ao meio ambiente, como a poluição visual, pois cria uma aparência desagradável e suja nas áreas urbanas, afetando a qualidade de vida dos moradores e visitantes. O entulho em ambientes inapropriados também é responsável pelo entupimento de bueiros, ocasionando alagamentos e inundações em períodos de chuva, contaminação do solo e lençóis freáticos, seja pela presença de metais pesados ou outras substâncias químicas, que se infiltram no solo, comprometendo a qualidade da água potável e afetando a saúde pública.

Descarte apropriado – Engenheira sanitarista, ambiental e de segurança do trabalho e coordenadora de Educação Comunitária da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Rosemary Mascarenhas lembra que, ao fazer o descarte de forma apropriada, além de inibir os prejuízos citados, a ação gera ganhos ambientais. “Os resíduos entregues nos ecopontos – pontos de entrega voluntária para descarte de resíduos – são destinados adequadamente para cooperativas de catadores, no caso dos materiais recicláveis, e para unidades de tratamento de resíduos da construção civil – RCC, para o caso do entulho. Nestes locais, os materiais passam por triagem, para que possam ser reaproveitados e reciclados, gerando economia de recursos naturais deste setor”.

A gestora complementa que os ecopontos são locais estruturados e preparados para a recepção de resíduos da construção civil (entulho), ao limite diário de 2m³/dia/gerador, assim como resíduos volumosos e/ou inservíveis, resíduos vegetais e materiais recicláveis.

Atualmente a capital baiana possui três ecopontos, localizados em Itapuã, Itaigara e na ilha de Bom Jesus dos Passos. Além disso, em diversos bairros de Salvador, com grande histórico de incidência de descarte irregular de entulho, a Limpurb aloca caixas estacionárias na cor amarela, específicas para o recebimento desse tipo de resíduo.

Buscando reduzir a quantidade de resíduos descartados de forma irregular, a equipe de educação ambiental da Limpurb promove ações de sensibilização e conscientização da população em relação às boas práticas para com os resíduos sólidos.

Em 2023, a Limpurb totalizou 743 mil quilos de entulho recolhido da cidade de Salvador. Esse montante dá uma média de 61,9 mil quilos mensais, ou 2,3 mil quilos de material inservível coletado diariamente.

Projeto A Onda é Preservar será realizado na Barra neste sábado (2)

No próximo sábado (2), a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) promoverá mais uma edição do projeto A Onda é Preservar, iniciativa que tem o objetivo de conscientizar banhistas e passantes sobre a importância de combater o descarte irregular de resíduos. Prevista para iniciar às 8h, em frente ao Forte Santa Maria, na Barra, a ação contará com a parceria do Núcleo Integrado de Estudos em Zoologia da Ucsal (Niez), picolé Capelinha e do grupo de voluntários Mergulho Pirata, que realizará um mutirão de limpeza na faixa de areia e no mar.

No estande sustentável, a equipe de educação ambiental comunitária da Limpurb vai realizar uma palestra acerca dos impactos do descarte irregular de resíduos para a cidade e o meio ambiente. Quem visitar o espaço terá a chance de participar de um quiz referente às informações transmitidas e, ao final, ser premiado com um picolé Capelinha, parceiro da ação.

Na ocasião, uma exposição de animais marinhos será realizada pelo Niez, com o intuito de sensibilizar o público sobre a importância da conservação dos ecossistemas e da biodiversidade. “Essa ação é mais uma oportunidade importante para conscientizarmos a comunidade sobre a importância da preservação ambiental e da responsabilidade no descarte de resíduos. Estamos empenhados em promover práticas sustentáveis e contribuir para um ambiente mais saudável para todos”, destacou o presidente da Limpurb, Omar Gordilho.

Bruno Reis participa de maior evento de infraestrutura do Brasil e apresenta oportunidades de investimento em Salvador

A cidade de Salvador emerge como um polo promissor para investidores em diversas áreas, como mobilidade, transporte, lazer, educação, esporte, turismo, cultura, saúde, tecnologia e hotelaria. A carteira de projetos da capital baiana foi apresentada pelo prefeito Bruno Reis a investidores nacionais e internacionais durante a abertura do P3C, um dos maiores eventos sobre o mercado de infraestrutura do Brasil, realizado em São Paulo.

No evento, que ocorre em São Paulo nesta segunda (26) e terça-feira (27), acontece a apresentação oficial da carteira de projetos da capital baiana, que oferta uma ampla gama de oportunidades de investimento em setores-chave, proporcionando aos participantes uma visão abrangente das potencialidades que a cidade tem a oferecer.

A cerimônia de abertura contou ainda com autoridades nacionais, como os ministros de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho; dos Transportes, Renan Filho; e o Secretário Especial do Programa de Parceria e Investimentos (PPI), Marcus Cavalcanti. Acompanharam o prefeito na abertura os secretários de Infraestrutura, Luiz Carlos, e de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Milla Paes, além do diretor-presidente da SalvadorPAR, Marcos Lessa.

Bruno Reis destacou que a cidade se preparou nos últimos anos para atrair investimentos, com a criação, por exemplo, da SalvadorPar, empresa de economia mista voltada para a estruturação de projetos e realização de Parcerias Público-Privadas que assegurem o desenvolvimento da cidade. Além disso, conta com o programa Invista Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), que auxilia o empresário ao longo de toda a sua jornada de investimento. O prefeito também ressaltou que, nos últimos anos, foram investidos mais de R$5 bilhões de recursos próprios em melhorias dos serviços públicos.

“Atualmente, temos 18 projetos em desenvolvimento na cidade e que a nossa equipe terá a oportunidade de apresentar ao longo deste evento. São todos projetos estruturantes, que vão representar mais de R$2 bilhões em investimento da iniciativa privada. Quero convidar vocês a investirem em Salvador. Somos muito mais do que a capital da música, do Carnaval e a primeira capital do Brasil. Somos uma cidade com um rico patrimônio histórico e cultural. E, sem sombra de dúvidas, Salvador é a capital dos negócios e das oportunidades “, disse.

O prefeito também ressaltou as medidas administrativas e legais adotadas para desburocratizar a gestão e a adoção de conjuntos de estímulos fiscais mais arrojados, como a implantação de polo logístico com redução de ISS para atividade fim ou atividades relacionadas, a redução do IPTU para a implantação de empreendimentos e a criação de um programa em que, quando o imóvel é adquirido, proporciona descontos de juros e multas do valor principal dos débitos.

Ele pontuou investimentos feitos pelo município nos últimos 12 anos que elevaram o patamar da cidade no cenário nacional, como o Centro de Convenções, a requalificação de toda a orla e a abertura de equipamentos culturais como a Cidade da Música da Bahia, a Casa do Carnaval e a Casa das Histórias de Salvador, que contribuem para que os turistas fiquem por mais tempo na capital baiana. Além disso, está implantando a Infovia da Cidade Inteligente, conectando diversos pontos à internet de velocidade.

A presença da Prefeitura de Salvador no P3C tem como foco a apresentação dos projetos estratégicos da cidade e o estabelecimento de diálogo com potenciais investidores. Através dessa interação, o município busca não apenas atrair parcerias, mas também viabilizar por meio da iniciativa privada a execução de projetos que impulsionem a economia local, gerem empregos e promovam o desenvolvimento social.

“Queria destacar três projetos de Salvador. O primeiro, a concessão de uma grande Arena Multiuso, que temos a expectativa de iniciar as obras na semana que vem. A Prefeitura vai construir e o privado vai equipar e operar. Também vamos construir um novo Centro de Convenções, só que agora no Centro Histórico. E estamos estruturando também um FII (Fundo de Investimento Imobiliário) do município”, citou Bruno Reis.

Programação – Na terça-feira (27), a titular da Semdec, Mila Paes, será palestrante no painel “Pipeline de projetos estaduais e municipais”, onde apresenta as oportunidades que Salvador oferece ao mercado. “A carteira de projetos que vamos apresentar reflete não apenas a ambição da cidade em se destacar junto ao mercado investidor, mas também em seu compromisso com o desenvolvimento sustentável e inclusivo da cidade”, destaca.

E no debate sobre “O Modelo de Cinco Dimensões (M5D): Desafios e Oportunidades para seu uso no Brasil”, o painelista será o diretor-presidente da SalvadorPAR, Marcos Lessa. “Nossos projetos são estruturados com o que há de mais moderno no mundo, oferecendo as oportunidades, os incentivos e a segurança jurídica que os investidores procuram”, explica Lessa.

Durante o evento, os gestores e especialistas estarão disponíveis no estande do município para apresentar detalhadamente as oportunidades de negócio, além de promover networking com os participantes. Essa presença ativa reforça o compromisso de Salvador em se aproximar do mercado investidor e consolidar sua posição como um destino seguro e promissor para investimentos em infraestrutura.

Estações Águas Claras e Pirajá ganham nova linha de ônibus nesta segunda (26)

Os usuários que utilizam o transporte público na região de Porto Seco Pirajá, Brasilgás e adjacências passarão a contar com um novo atendimento nesta segunda-feira (26). A linha 1720 – Terminal Águas Claras x Estação Pirajá vai atender aos passageiros que estiverem nessas localidades e que precisem se deslocar para as estações Águas Claras e Pirajá.

Ela surgiu após a realização de testes operacionais por técnicos do Setor de Planejamento da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), onde foi verificada a necessidade de inclusão desse novo atendimento. “Existe um público que utiliza o transporte público que vem das comunidades próximas da BR-324, especialmente naquele trecho, e colaboradores de empresas que precisam chegar nas estações para fazer a integração”, afirmou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

A linha realizará 43 viagens em dias úteis e terá um intervalo médio de 15 minutos nos horários de pico. Na Estação Águas Claras, o ponto de embarque será na Plataforma F, ponto 27. Já na Estação Pirajá o local de acesso aos coletivos da linha será na Plataforma B, ponto 18.

Linhas da Lapa serão realocadas a partir de sexta (16)

Quem costuma pegar o transporte na Estação da Lapa deve ficar atento às mudanças que acontecerão a partir da sexta-feira (16). Em função do andamento das obras do BRT, as linhas de ônibus que têm parada de embarque e desembarque no primeiro piso da estação serão remanejadas para o subsolo. As mudanças serão definitivas, para permitir a construção das estações de embarque e desembarque do BRT Salvador.

“As obras do novo trecho estão avançando e essas mudanças são necessárias para que as obras na região da Lapa possam seguir. Não haverá retirada das linhas que já operam na Lapa, apenas a redistribuição dessas linhas nas plataformas do subsolo”, explicou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

Com isso, a partir desta sexta, a Plataforma F irá abrigar as linhas 0136 – LB1 x Chame Chame, 0903 – Lapa x Boca do Rio, 0137 – LB2 x Barra Avenida/Barra, 0138 – LB3 x Garibaldi x Ondina, 0138-01 – Lapa x Vale do Canela, 0140 – Lapa x Rio Vermelho (via Cardeal da Silva) e a 0140-01 – Lapa x Federação/HGE.

Já a Plataforma G irá abrigar as linhas 0720 – Lapa x Vila Rui Barbosa, 0224 – Lapa x Thomé de Souza, 0216 – Lapa x Ribeira, 0208 – Lapa x Massaranduba x Vila Rui Barbosa, 0718 – Lapa x Barroquinha, 0403 – Lapa x Caixa D’Água, 0417 – Lapa x IAPI, 0420 – Lapa x Pau Miúdo, e a linha 0332 – Lapa x Fazenda Grande do Retiro.

Na Plataforma H serão alocadas 10 linhas. São elas a 0530 – Lapa x Engenho Velho de Brotas/Cosme de Farias, 0117 – Lapa x Brotas/Daniel Lisboa, 0503 – Lapa x Brotas, 1615 – Lapa x Plataforma/São João do Cabrito, 1648 – Lapa x Boa Vista do Lobato/Alto do Cabrito, 1533 – Lapa x Fazenda Coutos, 1651 – Lapa x Base Naval/São Tomé, 1604 – Lapa x Base Naval/São Tomé/Escola de Menor, 1627 – Lapa x Alto de Santa Terezinha e 1628 – Lapa x Rio Sena.

Seis linhas terão embarque na Plataforma I, são elas 1334 – Lapa x Sete de Abril, 1372 – Lapa x Jardim Nova Esperança/Vilamar, 1413 – Lapa x Boca da Mata, 1225 – Lapa x Sussuarana, 1102 – Lapa x Cabula 6 e 1215 – Lapa x Engomadeira.

Na Plataforma J ficarão as linhas 0116 – Lapa x HGE, 0718 – Lapa x Vale das Pedrinhas, 0715 – Lapa x Santa Cruz, 1005 – Lapa x Itapuã/Praia do Flamengo, 1007 – Lapa x Terminal Aeroporto/Jardim das Margaridas e 0805 – Lapa x Pituba.

Agentes da Semob e prepostos das concessionárias estarão pela estação para orientar os usuários sobre as mudanças.

Confira a nova disposição das linhas na Lapa:

PLATAFORMA F
PONTOCÓDIGODESTINO
10136LB1 – Lapa x Chame Chame
10903Lapa x Boca do Rio
20137LB2 – Lapa x Barra Avenida/Barra
50138LB3 – Lapa x Garibaldi/Ondina
40138-01Lapa x Vale do Canela
60140Lapa x Rio Vermelho (via Cardeal da Silva)
60140-01Lapa x Federação/HGE
PLATAFORMA G
PONTOCÓDIGODESTINO
10720Lapa x Vila Rui Barbosa
10224Lapa x Thomé de Souza
20216Lapa x Ribeira
20208Lapa x Massaranduba/Vila Rui Barbosa
30718Lapa x Barroquinha
30403Lapa x Caixa D’Água
40417Lapa x IAPI
40420Lapa x Pau Miúdo
50332Lapa x Fazenda Grande do Retiro
60708Lapa x Nordeste
PLATAFORMA H
PONTOCÓDIGODESTINO
10530Lapa x Eng. Velho de Brotas/Cosme de Farias
10117Lapa x Brotas/Daniel Lisboa
20503Lapa x Brotas
21615Lapa x Plataforma/S. João do Cabrito
31648Lapa x Boa Vista do Lobato/Alto do Cabrito
41533Lapa x Fazenda Coutos
51651Lapa x Base Naval/São Tomé
51604Lapa x Base Naval/São Tomé/Escola de Menor
61627Lapa x Alto de Santa Terezinha
61628Lapa x Rio Sena
PLATAFORMA I
PONTOCÓDIGODESTINO
11334Lapa x Sete de Abril
21372Lapa x Jardim Nova Esperança/Vilamar
21413Lapa x Boca da Mata
31225Lapa x Sussuarana
41102Lapa x Cabula VI
41215Lapa x Engomadeira
PLATAFORMA J
PONTOCÓDIGODESTINO
10116Lapa x HGE
20718Lapa x Vale das Pedrinhas
30715Lapa x Santa Cruz
41005Lapa x Itapuã/Praia do Flamengo
41007Lapa x Terminal Aeroporto/Jardim das Margaridas
50805Lapa x Pituba

Prefeitura monta esquema especial de transporte para festas de pré-carnaval

Para garantir o atendimento de transporte nas regiões de Ondina, Barra e do Centro Histórico, onde acontecem festas de pré-carnaval nos próximos dias, a Secretaria de Mobilidade (Semob) preparou uma operação com o objetivo de atender o público dos eventos e os moradores das regiões. Durante a realização dos festejos que irão ocorrer no trecho Ondina / Barra, o tráfego de veículos será interditado entre o Clube Espanhol e o Farol da Barra. Com isso, as linhas de ônibus que passam pelo local terão seu itinerário modificado até a abertura da via. O mesmo ocorre em ruas das imediações do Barbalho, Barroquinha e Baixa dos Sapateiros.

Uma semana da entrega dos novos ônibus_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

Para o Fuzuê, “A Melhor Segunda-Feira do Mundo”, Pipoco e Habeas Copos, 36 coletivos da frota reguladora estarão à disposição todos os dias na Estação da Lapa. Já no Furdunço serão 89 veículos. Os ônibus ficarão disponíveis antes e após os eventos para dar reforço à operação de acordo com a necessidade. Agentes de trânsito e transporte estarão em pontos estratégicos dos circuitos para orientar o público sobre as mudanças e opções de deslocamento.

Os usuários que optarem por veículos particulares terão à disposição pontos de táxi e mototáxi implantados em locais estratégicos próximos dos eventos. No Centro Histórico, foi criado um ponto de táxi extra na Ladeira da Água Brusca. Além disso, os pontos fixos do Taboão e Terreiro de Jesus seguem funcionando normalmente.

Já no trecho Ondina / Barra, também foi criado um ponto extra no Largo do Farol da Barra. Os usuários também podem utilizar os pontos fixos das ruas Miguel Burnier e Barão de Sergy.

Mudanças de itinerário – Para o Fuzuê, Furdunço, “A Melhor Segunda-Feira do Mundo”, Pipoco e Habeas Copos, as linhas que atendem a Avenida Centenário devem seguir pela Avenida Oceânica, Avenida Milton Santos, Avenida Anita Garibaldi, retornar no Hospital Jorge Valente, Avenida Anita Garibaldi, Praça Lord Cochrane, Avenida Vasco da Gama, retornar no posto Menor Preço, Avenida Vasco da Gama, Praça Doutor João Mangabeira, Avenida Centenário, retornar no Shopping Barra, seguindo, daí, seu itinerário normal.

Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

As linhas que passam pela Avenida Centenário e que têm como destino a Barra ou Barra Avenida devem acessar a Avenida Milton Santos, Avenida Anita Garibaldi, retornar no Hospital Jorge Valente, Avenida Anita Garibaldi, Praça Lord Cochrane, Avenida Vasco da Gama, retornar no posto Menor Preço, Avenida Vasco da Gama, Praça Doutor João Mangabeira, Avenida Centenário, fazer o retorno no Shopping Barra, Avenida Centenário, Alça do Viaduto dos Reis Católicos, Avenida Reitor Miguel Calmon, alça do Viaduto da Gabriela, Avenida Princesa Leopoldina, Avenida Princesa Isabel, retornar na Rua Barão de Sergy com a Avenida Sete de Setembro, Avenida Princesa Isabel, e Avenida Princesa Leopoldina, de onde seguem seu itinerário normal.

As linhas que atendem Avenida Centenário com destino à Barra/Barra Avenida/Centenário devem seguir pela Avenida Centenário, fazer o retorno no Shopping Barra, Avenida Centenário, alça do Viaduto dos Reis Católicos, Avenida Reitor Miguel Calmon, Alça do Viaduto da Gabriela, Avenida Princesa Leopoldina, Avenida Princesa Isabel, retorno da Rua Barão de Sergy com a Avenida Sete de Setembro, Avenida Princesa Isabel, Avenida Princesa Leopoldina, Viaduto da Gabriela, Avenida Reitor Miguel Calmon, voltando à Avenida Centenário, de onde seguem seu itinerário normal.

As linhas que atendem a Avenida Centenário com destino ao Campo Grande vão seguir pela Avenida Milton Santos, Avenida Anita Garibaldi, retornar no Hospital Jorge Valente, Avenida Anita Garibaldi, Praça Lord Cochrane, Avenida Vasco da Gama, fazer o retorno no posto Menor Preço, Avenida Vasco da Gama, Praça Doutor João Mangabeira, Avenida Centenário, retornar no Shopping Barra, Avenida Centenário, alça do Viaduto dos Reis Católicos, Avenida Reitor Miguel Calmon, Alça do Viaduto da Gabriela, Avenida Princesa Leopoldina, Viaduto da Gabriela, Avenida Reitor Miguel Calmon, e então Avenida Centenário, seguindo seu itinerário normal.

As linhas provenientes do Campo Grande com destino à orla vão seguir pela Avenida Princesa Leopoldina, Viaduto da Gabriela, Avenida Reitor Miguel Calmon, Avenida Centenário, retornar no Shopping Barra, Avenida Centenário, Praça dos Reis Católico, Avenida Reitor Miguel Calmon, Anita Garibaldi, chegando à Avenida Milton Santos, de onde seguem seu itinerário normal.

A linha 0138 – Lapa x Garibaldi/Ondina fará o seguinte itinerário, passando pela Avenida Milton Santos, Avenida Oceânica, Rua Eurycles de Mattos, Avenida Anita Garibaldi, Praça Lord Cochrane, Avenida Vasco da Gama, retornar no posto Menor Preço, Avenida Vasco da Gama, Avenida Vale do Tororó, chegando à Estação da Lapa.

Já no Centro Histórico, por conta do Carnaval do Santo Antônio, as linhas provenientes do Barbalho com destino a Baixa dos Sapateiros e Barroquinha vão utilizar as seguintes vias: Rua Engenheiro João Pimenta Bastos, Rua Manoel Caetano, Ladeira do Arco, Ladeira do Hospital, Praça Conselheiro Almeida Couto, Avenida Joana Angélica, Rua Jogo do Carneiro, fazem o retorno no SESC Nazaré, voltam para a Avenida Joana Angélica, acessam a Rua José Saramago, Avenida Presidente Castelo Branco, Aquidabã e deste ponto os coletivos seguem o itinerário de origem.

Lavagem de Itapuã contará com serviços da Prefeitura nesta quinta (1º)

Manifestação cultural e religiosa ocorrida toda quinta-feira antes da abertura oficial do Carnaval, a tradicional e centenária Lavagem de Itapuã acontece neste dia 1º percorrendo o trecho entre as praias de Piatã e Itapuã. Para dar mais conforto ao público que vai conferir a festa, a Prefeitura de Salvador montou um esquema especial de serviços. Confira:

Mobilidade – Com o objetivo de garantir o atendimento de transporte aos usuários durante a Lavagem de Itapuã, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) preparou uma operação especial para o público da festa e moradores da região. Devido às interdições em algumas vias, principalmente da Avenida Octávio Mangabeira, o itinerário dos ônibus será redirecionado para as avenidas Dorival Caymmi, Orlando Gomes e Luiz Viana (Paralela).

Além dos desvios de itinerário das linhas, também serão disponibilizados 12 veículos de frota reguladora na Estação Mussurunga, das 15h às 23h, que podem ser utilizados pela equipe de fiscalização sempre que for necessário.

Os usuários que optarem por veículos particulares terão à disposição dois pontos de táxi e mototáxi implantados em locais estratégicos próximo à festa. Um deles estará localizado na Avenida Octávio Mangabeira, próximo ao acesso à Avenida Orlando Gomes, e o outro ficará próximo ao retorno da Avenida Dorival Caymmi com a Rua da Areia de Itapuã. As equipes da Semob estarão nas imediações para fiscalizar a operação.

Trânsito – Para garantir o pleno funcionamento do trânsito durante a festa, a Transalvador fará desvios do fluxo de veículos e instalará barreiras nas imediações do bairro para garantir a comodidade de quem chegar e sair da região. Já o estacionamento será proibido da 0h às 19h da quinta-feira (1°), nas ruas Iemanjá (lado direito), em Piatã, e Paulo Afonso Baqueiro, em Nova Brasília de Itapuã. Ainda na quinta (1º), das 19h às 22h, o estacionamento será proibido, nas seguintes vias: Rua Aristides Mílton, Praça Dorival Caymmi, Rua Genebaldo Figueiredo, Rua João do Peixe e Rua Arnaldo Francelino.

Desal – A Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) fará manutenção e requalificação dos parques e praças dentro dos circuitos, cedendo e instalando, junto com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), os prismas para fechamento de vias, além de manutenção de guarda-corpo e pintura geral durante o circuito.

Guarda Municipal – A Guarda Civil Municipal (GCM) atuará em varredura realizada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), nesta quarta-feira (31). No dia 1º, os agentes darão apoio às ações municipais, como os de ordenamento de ambulantes, fiscalização de estabelecimentos comerciais e ordenamento do trânsito e transporte, com efetivo de 120 GCMs.

Limpeza – A Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) atuará na festa com 100 agentes de limpeza, caminhões-pipa e compactadores, durante toda a quinta-feira (2). 

Sedur – A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) intensificará a fiscalização na região da festa, com o objetivo de orientar os bares sobre a proibição de venda de bebidas em garrafas de vidro e coibir atividades irregulares. Além disso, atuará no combate à poluição sonora e à publicidade irregular.

Manutenção – A Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) realizou a recuperação dos guarda-corpos e corrimãos (aço inox). Na sexta-feira (1º), será feita a desobstrução/limpeza da rede e dispositivos de drenagem (bocas de lobo), como prevenção aos alagamentos.

Saúde – A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) disponibilizará os serviços do Samu 192, em caso de necessidade, além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Hélio Machado.

Vigilância Sanitária – No intuito de monitorar e prevenir potenciais riscos e agravos à saúde relacionados à manipulação de alimentos, nas semanas que antecedem a festa, a Vigilância Sanitária do Distrito Sanitário de Itapuã tem reforçado as ações fiscalizatórias nos estabelecimentos formais localizados no entorno do evento. Em 2023, nas ações pré-Lavagem, foram inspecionados 50 estabelecimentos que comercializavam alimentos, onde, além das ações educativas, com orientações verbais e notificações, foi realizada uma interdição e uma apreensão de produtos impróprios para o consumo.

Semop – Cerca de 70 agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) vão fiscalizar e orientar os ambulantes que foram cadastrados para a festa.

Secult – A festa contará com ponto de hidratação e patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult).

Prefeitura inicia implantação do BRS, que terá ônibus em faixas preferenciais e exclusivas pela orla de Salvador

Para ampliar a mobilidade urbana em Salvador, a Prefeitura iniciou nesta terça-feira (30) a implantação do BRS (Bus Rapid System, ou serviço rápido de ônibus, em inglês), cuja primeira linha ligará a Estação da Lapa ao Aeroporto. O prefeito Bruno Reis assinou a ordem de serviço para a primeira etapa das obras viárias que viabilizarão o funcionamento do novo modal, num investimento inicial de R$4,2 milhões.

Os ônibus do BRS terão faixas preferenciais e, em alguns trechos, vias exclusivas, o que vai permitir a redução do tempo de deslocamento dos usuários de transporte público. A primeira linha do modal sairá da Estação da Lapa e passará pelas vias do BRT na Av. Vasco da Gama até a Rua Conselheiro Pedro Luís, que será completamente requalificada.

Os veículos seguirão pela orla da cidade, do Rio Vermelho até Itapuã, passando ainda pela Av. Dorival Caymmi até o Aeroporto. O BRS será integrado a todos os demais modais em funcionamento na capital baiana, como BRT, Metrô, ônibus convencionais e o sistema de transporte complementar (STEC), tendo a mesma tarifa de embarque.

“A implantação do BRS é mais um avanço no sistema de transporte de Salvador. Ele terá intervenções mais simples, envolvendo apenas adequações das vias para garantir que as faixas possam ser preferencialmente dos ônibus, e também de exclusividade em alguns lugares. Também a adequação dos pontos de ônibus para atender os veículos maiores e a mudança do pavimento em concreto”, explicou Bruno Reis.

O prefeito destacou que as obras de requalificação em andamento na orla de Pituaçu já contemplam adequações ao BRS. “O primeiro trecho vai daqui do Rio Vermelho até o Costa Azul. Já o segundo, vai do Costa Azul até Itapuã. Neste trecho maior, que passa pela orla da Boca do Rio, Pituaçu, Patamares, Jaguaribe e Piatã, nós já estamos executando obras de requalificação. Então, na prática, elas já estão sendo adequadas para o BRS”, explicou Bruno Reis.

A operação do BRS terá os mesmos modelos de ônibus usados pelo BRT, maiores e equipados com ar-condicionado. O embarque e o desembarque de passageiros serão realizados em pontos existentes ao longo do percurso.

“A nossa expectativa é colocar a primeira linha do BRS até o meio do ano, ao mesmo tempo que a gente entrega os trechos que faltam do BRT. Com isso, nós vamos ter um sistema de transporte mais ágil, mais rápido, com mais conforto, com ônibus novos e climatizados. Portanto, num momento em que o país vive uma crise do transporte público, a Prefeitura de Salvador vem, por outro lado, investindo de forma maciça para que a gente melhore os modais de transporte da nossa cidade”, afirmou Bruno Reis.

Titular da Secretaria de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Müller explicou as diferenças entre os modais. “No BRT você tem canaletas, é uma infraestrutura mais complexa, com vias exclusivas, que muitas vezes precisam ser totalmente segregadas. BRS é um conceito diferente, não tem grande infraestrutura, você consegue, com faixas prioritárias e algumas exclusivas, colocá-lo para rodar. A obra de requalificação da orla, por exemplo, já está ajustada a esse conceito. Ou seja, já prevê um alargamento da pista”, disse.

A primeira obra, autorizada nesta terça, vai requalificar a Rua Conselheiro Pedro Luís, que liga o Complexo Viário Rei Pelé ao Largo da Mariquita. As obras serão realizadas pela Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador).

“Aqui na Conselheiro Pedro Luís faremos uma requalificação completa. A ciclovia, por exemplo, vai se tornar central, garantindo mais segurança para os ciclistas. Uma obra que vai transformar o Rio Vermelho sobre o ponto de vista do urbanismo e também possibilitará que o BRS possa circular, cumprindo assim um compromisso de governo que foi assumido pelo prefeito Bruno Reis”, disse Décio Martins, superintendente da Transalvador.

Fim de linha de Paripe é remanejado nesta terça (30)

Com a execução de obras de requalificação que foram iniciadas na Rua Almirante Tamandaré, os ônibus que operam no bairro de Paripe tiveram seu final de linha transferido para Vista Alegre nesta terça-feira (30). Os coletivos farão o itinerário habitual em Paripe e vão deixar apenas utilizar o final de linha do bairro como terminal. As linhas 1606 – Paripe x Baixa dos Sapateiros/Barroquinha e 1612 – Paripe x Rodoviária que operam no bairro serão impactadas com a mudança.

Além disso, as duas primeiras viagens de cada coletivo, que operam nas respectivas linhas terão início no terminal de Escada de Menor e as demais viagens iniciarão em Vista Alegre. As equipes do setor de planejamento e fiscalização da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) monitoram o atendimento na região.

Festival de Verão terá operação especial de transporte

O Festival de Verão Salvador, que acontece neste sábado (27) e domingo (28) no Parque de Exposições, na Av. Luís Viana (Paralela), contará com uma operação especial de transporte. Das 21h de sábado às 4h de domingo, e no mesmo horário de domingo para segunda, 30 ônibus de frota reguladora estarão nas estações Mussurunga e Pirajá para atender o público que utilizar o transporte para o evento.izar o transporte para o evento.

Além das linhas regulares que atendem tanto o Parque de Exposições quanto ambas as estações, que estarão operando normalmente, o público poderá contar ainda com os reguladores. Estes serão utilizados de acordo com a demanda. 

“Se percebermos uma demanda crescente para um determinado bairro ou um roteiro específico, nossos agentes irão disponibilizar estes ônibus reserva para garantir o deslocamento do público caso a demanda regular não seja suficiente”, explicou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

Agentes de trânsito e transporte, além de prepostos das concessionárias, estarão pela região para orientar os usuários na chegada e saída do evento em ambos os dias de festa.

Skip to content